Páginas

quinta-feira, 8 de agosto de 2013

quando nos conhecemos, ainda nao sabia o que era amar, eramos tão pequeninos.
Sabe quando me mudei pra perto, considerava muita coisa em você, sabe um carinho especial.
Tinha medo de me apaixonar, pois minha primeira experiência foi desastrosa, mais sabe na sua janela uma flor um gesto que me chamou atenção, guardei-la como se fosse meu maior tesouro, todos já teriam percebido o que eu nem percebia, já estava apaixonada sabe, talvez por não saber te magoei, te fiz chorar.
Confesso que tinha um certo ciuminho em relação a você , acabei te roubando um beijinho, sabe ai nasceu a vontade de estar perto.
Tudo aconteceu tão rápido que quando vi já estava pedindo permissão pra um começo de namoro, sabe sensação ruim essa (medo agonia) tudo deu certo, demorou pra todos aceitarem .
Sabe um começo estranho, bonito, sem pedido
No meio de tantas coisas, muitos tropeços, muitas brigas, cada reconciliação, cada lagrima que caia significava uma nova etapa, cada perdão das duas partes.
Tantos medos de um dia perder alguém que já me fazia tão bem, momentos em que tive certeza de que nada iria pra frente, mais a certeza não valeu em nada, um novo recomeço.
Hoje duvidas sobre o que fazer, não sobre se amo ou não , mais se vai dar certo ou não
Até acho que hoje nem o um porcento faz a diferença, são tantas magoas, não sei exatamente se fui correta em jogar tudo pra cima, mais o sentimento de angustia de medo de ser infeliz, de te fazer infeliz.
Quero esperar pra não me magoar ainda mais, talvez eu possa me arrepender, ou até perde-lo mais vou saber que não deixei de lutar pela minha felicidade, não desisti de tirar os males que me persiguiam.
Mais saiba que não esqueço o começo, cada data especial  cada palavra que me fez se apaixonar tanto, que os dias te esperando chegar, os dias debaixo da coberta um abraço, umcheiroo , e a primeira frase. eledisse "tenho tanta sorte",  "sorte do que " disse eu "sorte de ter umA namorada tão linda como você"

Nenhum comentário:

Postar um comentário